A arma secreta de monsieur Domeneq

de Edoardo Pacelli

do site TGComO jornal inglês The Sun (http://www.thesun.co.uk/article/0,,2-2006330768,,00.html) desvela qual foi a verdadeira arma utilizada pelos franceses para derrubar a seleção brasileira, na recente Copa do Mundo de futebol. Trata-se de uma poderosa armadilha, de nome Alexandra, que o experto treinador gaulês enviou, há algum tempo, num hotel de Barcelona para seduzir o craque Ronaldinho Gaúcho. Na entrevista dada à folha inglesa, a sedutora, cujo nome completo é Alexandra Paressant, nos conta como o intrépido atleta brasileiro não passasse uma noite sem se introduzir, clandestinamente, no quarto da sua fada, para transcorrer a madrugada na cama dela, terminando suas noturnas fadigas brincando com videogames. “Parreira tinha afastado todas as mulheres e as noivas dos jogadores – ela confessa – ma nós não podíamos ficar muito tempo longe um dos outro. Assim, todas as noites ele vinha no meu hotel e fazíamos amor, às vezes até no corredor. Porem, eu não acho que foi por isso que suas prestações (esportistas) foram tão apagadas no campo de futebol. Depois de ter feito o amor, ele gostava de brincar e relaxar com os videogames!”. Por causa disso acho que seria mais justo reavaliar as atitudes de Parreira, Roberto Carlos e, sobretudo, Cafú!