Aposentadorias

Sindicato Cisl pensionatiBoas notícias para os aposentados italianos que residem no exterior e que esperam o aumento do cheque a 516 euros. O Ministério italiano do Trabalho, de acordo com o da Fazenda, decidiu conceder um aumento máximo de 123,77 euros até alcançar o total de 516 euros. Com isso serão beneficiados cerca de 200.000 aposentados (60 mil dos quais vivem na Argentina). Os aumentos procederão em tempos rápidos através o processo simplificado da auto-certificação, utilizando também a internet para as comunicações. Com estes novos beneficiados residentes no exterior o número de aposentados interessados sobe para 1.800.000. Foi o INPS italiano que, em 7 de fevereiro passado, pediu ao Ministério do Trabalho como devia comportar-se com estes cidadãos que residem fora da Itália. No final do mês de julho chegou a resposta do ministério: para as aposentadorias liquidadas em regime de convenção internacional está determinado um valor máximo de aumento social aplicável de 123,77 euros, que corresponde à diferença entre o tratamento mínimo vigente e o limite de 516,46 euros fixado pela lei do orçamento. Na prática isto significa que o aumento não poderá ultrapassar 123,77 euros, vale dizer que todos os aposentados que atualmente recebem um cheque inferior ao mínimo de 392,69 euros, não alcançarão o teto de 516 euros, enquanto quem está acima do mínimo o aumento valerá até alcançar este valor. 
Para qualquer outra informação cliquem aqui.