RIO-2016

Hekel Raposo*

Como naquela deliciosa marchinha do nosso celebre JOÃO DE BARRO o “Braguinha”, “O RIO AMANHECEU CANTANDO, TODA CIDADE AMANHECEU EM FLOR” e os cariocas e todos os brasileiros com lágrimas nos olhos e um sorriso aberto nos lábios, com seus corações pulsando mais forte, comemoraram aquela brilhante conquista no Auditório do Bella Center, no Centro de Convenções de Copenhague, quando o Presidente do Comitê Olímpico Internacional Jacques Rogge abrindo aquele envelope branco anunciou : “ O Comitê Olímpico Internacional tem a honra de anunciar que os 31° Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de verão, em 2016, são agraciados à Cidade do Rio de Janeiro”, ali começava a festa, porém, por outro lado aumentava a tremenda responsabilidade que é a de promover um evento desta magnitude, onde todas as estruturas do Estado estarão comprometidas.

Transporte, circulação viária, hotelaria, saúde e segurança pública são as mais visíveis, destas a segurança é a mais questionada em razão dos níveis de violência e criminalidade que a nossa Cidade alcançou há algum tempo e que ficaram no imaginário de cada um que não se dá conta que essa tendência vem se revertendo de forma auspiciosa nestes últimos dois três anos com a excelente política de segurança que o Dr. José Mariano Beltrame, atual Secretário de Segurança vem desenvolvendo com extraordinária competência.

Muito ainda há o que se fazer: - o aumento dos efetivos das Polícias Civil e Militar, a aquisição de viaturas e equipamentos que a moderna tecnologia disponibiliza para a prevenção e o combate à criminalidade e finalmente a integração dos órgãos encarregados pela segurança pública e as nossas Forças Armadas, todavia, com os recursos que já estão sendo disponibilizados e o tempo que se dispõe, não há dúvida que o Rio de Janeiro tem tudo para promover um excelente, um extraordinário “JOGOS OLÍMPICOS” para ficar na história.

Desportistas de todo o mundo o CRISTO REDENTOR com os seus braços abertos lhes espera, sejam todos muito bem vindos ao RIO-2016.

*Hekel Raposo - Delegado de Polícia - Ex-Subsecretário de Polícia Civil - Professor Universitário - Ex-membro da Comissão Jurídica do Comite Olímpico Brasileiro e da Confederação Brasileira de Futebol.