Vamos à luta!

Roberto Freire Presidente Nacional do PPS

O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, convocou nesta quinta-feira os 401.589 filiados do partido para que denunciem nas ruas, nas rádios, na televisão, nos programas eleitorais e em todos os meios de comunicação disponíveis o "ataque à democracia e às instituições republicanas" capitaneado pelo PT e pelo governo Lula por meio da montagem e compra, por R$ 1,7 milhão, de um dossiê fajuto com o objetivo de prejudicar as candidatura de José Serra ao governo de São Paulo e Geraldo Alckmin a presidente.

Na carta enviada aos militantes, Freire diz que os integrantes do PPS tem o dever de "se pronunciar a respeito do episódio que demonstra a insistência do atual governo e de seu partido em utilizar métodos fraudulentos, obscuros e ilícitos para se manter no poder". Ele lembra que o partido repudia o escândalo do dossiê que, segundo o presidente do PPS, é mais um episódio "das tantas e lamentáveis viagens do PT, de Lula e seu governo ao submundo da corrupção, da compra de parlamentares e partidos e do aparelhamento da máquina administrativa". Confira abaixo a íntegra da carta enviada aos militantes.

Brasília, 21 de setembro de 2006.

Ofício 075/2006

Companheiros,

Tendo em vista o último escândalo do governo Lula e do PT, que envolve a compra de um dossiê contra as candidaturas de José Serra e Geraldo Alckmin, conclamo o PPS a se pronunciar sempre que houver espaço contra esse ataque à democracia e às instituições republicanas. Nossos candidatos podem e devem utilizar o tempo de rádio e televisão de que dispõem para se pronunciar a respeito do episódio que demonstra a insistência do atual governo e de seu partido em utilizar métodos fraudulentos, obscuros e ilícitos para se manter no poder. O PPS repudia o escândalo do dossiê que tinha por objetivo implodir a candidatura Serra e prejudicar Alckmin da mesma forma que o fez por ocasião das tantas e lamentáveis viagens do PT, de Lula e seu governo ao submundo da corrupção, da compra de parlamentares e partidos e do aparelhamento da máquina administrativa, entre outros.

Vamos à luta!!

Roberto Freire Presidente Nacional do PPS